Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
ASCOM - Regional Jataí
UFG
Twitter
Facebook
YouTube
Instagram
animais exoticos

UFG recebe palestrantes para falar sobre animais exóticos

Por Pedro Ulisses Gibson Vilela. Criada em 21/02/17 14:42.

Aconteceu na última sexta feira (17) na Universidade Federal de Goiás Regional Jataí uma palestra com o biólogo George Myller Souza. Ele é formado na UFMG, gerente do Jiboias Brasil, maior criatório comercial de jiboias do país e fundador da Reptilia Educação Ambiental. Na ocasião, o biólogo, que estava com uma jiboia, dois teiús e uma coruja suindara falou sobre animais exóticos e de forma ampla, abordou sobre educação ambiental e sustentabilidade. Além dele, os alunos puderam conhecer também o professor de Nutrição de Cães e Gatos e Produção de Animais Silvestres da Escola de Veterinária da UFMG, Leonardo Bosco de Lara.

Na oportunidade da visita dos professores à cidade de Jataí durante a última semana, foi feita uma ação social na Escola Érica de Melo com o intuito de mostrar aos alunos algumas espécies de animais silvestres, além da importância da educação ambiental e da manutenção em cativeiro de algumas aves silvestres, desmistificando o pensamento de muitas pessoas ao demonstrar na prática como o cativeiro consegue conservar a biodiversidade.

De acordo com a professora Erin Caperuto, que ministra a disciplina de Produção de Animais Silvestres na UFG Regional Jataí, a presença dos professores da UFMG foi importante para avaliar as apresentações de seminários dos alunos dessa matéria e também para explicar a importância da educação ambiental e como utilizar animais para este propósito.

Para o biólogo George Myller, o Reptilia Educação Ambiental consegue levar até as pessoas diversas espécies de aves e répteis, principalmente corujas, lagartos e jiboias, para que possam conhecer melhor e desmistificar alguns pensamentos. Há exemplo disso, George ressaltou que muitos acreditam que quando a coruja suindara grita em cima de uma casa é porque um parente próximo está perto de morrer. Para acabar com esta lenda, ele afirma que isso não tem nenhum fundamento e que, desde que está com “Tobias”, nome dado à sua coruja, nenhum parente faleceu.

Fonte : Panorama

Categorias : clipping

Listar Todas Voltar